Criado em 1979, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa de Educação Tutorial (PET) é um programa acadêmico direcionado exclusivamente às(aos) alunas(os) de graduação. O objetivo do PET é colocar em prática os três pilares da Universidade Pública Brasileira: Ensino, Pesquisa e Extensão. Acesse a página do MEC, para saber mais: /portal.mec.gov.br/pet.

O Programa de Educação Tutorial do curso de Ciências Sociais da Universidade de Brasília (PET/SOL UnB) é voltado para as quatro habilitações existentes no curso: bacharelado em Antropologia, bacharelado em Sociologia, bacharelado em Ciências Sociais e licenciatura em Ciências Sociais. Atualmente, é coordenado pelo Doutor Fabrício Monteiro Neves, professor adjunto do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília.

O PET/SOL UnB é um dos Programas de Educação Tutorial mais antigos da Universidade e contribui expressivamente para a formação de estudantes de Ciências Sociais, se destacando pela formação de professoras/professores, como por exemplo, o “ex-petiano” e atual professor adjunto do Departamento de Sociologia, Doutor Joaze Bernardino-Costa, bem como de outras/outros mestras/mestres e doutoras/doutores da área. O PET/SOL foi o primeiro dos PET'S a adotar o sistema de ações afirmativas na Universidade de Brasília e desde 2012 inclui cotas para alunas/alunos negras/negros e indígenas no processo seletivoA gestão do PET/SOL é caracterizada por uma estrutura horizontal, que permite igual participação de docentes e discentes.

O foco de trabalho atual baseia-se nas seguintes temáticas: educação, ciência, tecnologia e sociedade. As atividades cotidianas consistem em duas reuniões semanais, que visam discussão de textos que abordem as temáticas de trabalho, a tomada de decisão sobre as ações necessárias para a realização do Projeto de Extensão (em andamento) e a organização de eventos promovidos pelo PET/SOL, como os Encontros Graduados, o Cine Clube PET/SOL, entre outros.

O enfoque de Ensino baseia-se na busca e na produção de artigos relacionados a diversas controvérsias científicas, com a finalidade de emitir relatórios sobre os trabalhos discutidos.

Na pesquisa, tem-se como foco o mapeamento das controvérsias científicas no cenário nacionalcomo por exemplo, oProgramas de Saúde Pública (Mais Médicos e outros), a utilização de animais em testes de laboratórios, a política de demarcação de terras indígenas, os alimentos transgênicos e outras.

A extensão está representada pelo Projeto de Extensão do PET/SOL, que segue o eixo temático “Ciência, Tecnologia e Sociedade” com uma abordagem interdisciplinar, centrado nas influências sociais da ciência. O objetivo específico desse projeto visa a realização de um Conselho Cidadão, aberto à participação da sociedade civil e de representantes do Estado para a discussão de controvérsias científicas sobre o Programa Mais Médicos, criado pelo Governo Federal. A pretensão de realização desse Conselho não visa obter um consenso sobre o tema, mas elucidação de diferentes visões relacionadas ao Mais Médicos.